Conheça a história de Santa Teresinha do Menino Jesus

Filha de Luis Martin e Zélia Martin, Maria Francisca Teresa Martin, nasceu no ano de 1873, em Alençon. Criada dentro dos valores cristãos, com apenas 2 anos, Teresa já expressava o desejo de ser religiosa.

Aos 4 anos, Teresa perdeu a mãe, o que fez com que se apegasse, fortemente, à sua irmã mais velha, Paulina, a quem elegeu como “segunda mamãe”. Com a entrada de Paulina no Carmelo, Teresa chegou a adoecer e foi curada pela ‘Virgem do Sorriso’, imagem da Imaculada Conceição que seus pais tinham afeição.

Um certo dia, quando estava perto de completar 14 anos, no Natal de 1886, Teresa passa por uma forte experiência de conversão (ela chamava este evento de “noite da minha conversão”). Ao voltar da missa e procurar seus presentes, percebe que seu pai se aborrece por ela apresentar ainda um comportamento infantil. É então que, mesmo sofrendo, a menina decide renunciar à infância e toma o acontecido como um sinal inspirador de força e coragem para o porvir.

Seis meses depois, Teresa decide que quer entrar para o Carmelo (Ordem das Carmelitas Descalças). Como a pouca idade a impede, é levada por familiares, em novembro de 1887, para uma audiência com o Papa, em Roma, para pedir a exceção. No mês de abril do ano seguinte, após ser aceita, Teresa ingressa no Carmelo no dia 9 de abril de 1888.

Dona de uma saúde muito frágil, Teresa percebe que não conseguirá oferecer grandes sacrifícios ao seu Senhor, por isso vive com muito amor os pequenos sacrifícios do dia a dia, é o que ela, inspirada pelas palavras de um padre, passa a chamar de “Pequena Via”, um caminho pequeno e simples para a santidade que consiste em acolher a própria pequenez deixando-se ser conduzido por Cristo.

No dia 30 de setembro de 1897, com apenas 24 anos, morre Teresa, após ter vivido seus últimos anos amando e oferecendo-se a Cristo com todo seu coração. 

Em 1898, sua irmã Paulina publicou os escritos de Santa Teresinha (“História de uma alma”). No dia 17 de maio de 1925, Teresinha foi canonizada pelo Papa Pio XI, dois anos depois, o mesmo Papa a declara Patrona Universal das Missões Católicas. Em 1997, Papa João Paulo II a declara Doutora da Igreja.

Baixe aqui alguns wallpapers de Santa Teresinha

Salve vidas doando.

Banco do Brasil
Agência: 1369-2 | Conta corrente: 8902-8

Caixa:
Agência: 578 | Op: 003 | Conta corrente: 1524-3

Santander
Agência: 3132 | Conta corrente: 13007043-1

Pix: benfeitordapaz@comshalom.org

Telefone: 0800 602 2829

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Logomarca

Todos os direitos reservados © 2021 - Comunidade Católica Shalom - CNPJ 07.044.456/0001-00